Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Sepultado em São Paulo bispo emérito de Osasco

Dom Ercílio Turco tinha 81 anos e lutava contra um câncer. O religioso foi sepultado nesta quinta (31) na Cripta da Catedral de Santo Antônio, em São Paulo.

Quinta-feira, 31 de outubro de 2019, às 15h00 | Por Paulo Brito

Foi sepultado na manhã desta quinta (31), o corpo do bispo emérito de Osasco-SP, dom Ercílio Turco, na Cripta da Catedral de Santo Antônio, no centro da cidade. O bispo morreu na madrugada desta quarta (30), aos 81 anos, no Hospital da Luz, na capital paulista, onde estava internado desde o dia 19 de outubro. Ecílio lutava contra um câncer.

Turco foi bispo de Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo entre os anos de 2002 e 2013. O velório começou na manhã de ontem (30), na catedral. Autoridades eclesiais como dom João Bosco Barbosa de Souza, atual bispo de Osasco, celebrou a primeira missa e dom Odilo Scherer, arcebispo metropolitano de São Paulo, celebrou a última, a missa das exéquias, no fim da manhã desta quinta (31), pouco antes do sepultamento.

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, declarou: “Tive o prazer de conviver com Dom Ercílio, homem de fé inabalável que sensibilizava milhares de pessoas em suas pregações e iniciativas, tendo como lema: ‘Evangelium Dei Evangelizare’ (Anunciar o Evangelho de Deus). Dom Ercílio trilhou uma linda trajetória e fez crescer no coração de cada pessoa, principalmente cristãos católicos da Diocese de Osasco, o amor a Jesus Cristo e à Igreja. Por isso também, no coração de todos estará sempre a gratidão, a admiração e o respeito. Que Deus console seus familiares”.

O ex-prefeito da cidade, Jorge Lapas, também presente na cerimônia, disse que “Dom Ercílio foi um religioso que carregava consigo a humildade, perseverança e o respeito para com o próximo. Um ser humano incrível, contribuiu com a minha administração e com a nossa cidade”.

Trajetória:

Dom Ercílio nasceu em Campinas, SP, em 13 de março de 1938. Filho de Francisco Turco e Ignez Canossa Turco, último dos irmãos Oswaldo, Antônio, José e Terezinha. Foi ordenado sacerdote em Campinas, no dia 1º de dezembro de 1963, por Dom Paulo de Tarso Campos, naquela época Arcebispo Metropolitano de Campinas.

Em 18 de novembro de 1989, foi nomeado, pelo Papa João Paulo II, o terceiro Bispo de Limeira (SP), sendo ordenado no dia 04 de fevereiro de 1990, por Dom Gilberto Pereira Lopes, Arcebispo Metropolitano de Campinas, tomando posse em 08 de fevereiro de 1990. Escolheu como lema de seu episcopado: Evangelium Dei Evangelizare (Anunciar o Evangelho de Deus) colocando a evangelização como prioridade de seu serviço episcopal.

Dom Ercílio Turco foi transferido pelo Papa João Paulo II para a Diocese de Osasco em 24 de abril de 2002. Realizou seu 1º contato com o povo da Igreja Diocesana de Osasco no dia 1º de maio, festa de São José Operário – 13º aniversário de instalação da nossa Diocese.

Sua posse canônica realizou-se no dia 30 de junho de 2002, festa litúrgica dos apóstolos São Pedro e São Paulo, às 15h, no Ginásio de Esportes Professor José Liberatti, em Osasco. Foi acolhido com estas palavras de Dom Francisco: “Este báculo de Pastor que, durante 27 anos de feliz episcopado me acompanhou, revelando-me a serenidade e a bondade de nosso Deus, eu passo às suas mãos, alegre e confiante na graça do mesmo Deus que nos haverá de conceder anos ainda maiores de feliz evangelização”.

Conforme o cânon 401.1, do Código de Direito Canônico, apresentou sua renúncia – por motivo de idade – ao Santo Padre Francisco, no dia 14 de março de 2013, sendo que a renúncia foi aceita no dia 16 de abril de 2014.

Como Bispo Emérito dedicou-se a uma vida intensa de oração, celebrações em paróquias da diocese, assim como em tríduos, novenas e festas de padroeiros; e ministração do sacramento da Crisma, participando firmemente nas celebrações diocesanas.

(Fonte: Site da CNBB / Site Visão Oeste)

(Foto: CNBB)

Deixe seu comentário: